Notícia

Casas Reais

A jóia amaldiçoada que pode mudar a vida de Kate Middleton: conheça a história deste diamante de 105 quilates

A mulher do príncipe William está a ser apontada como a próxima mulher a utilizar a jóia.
29 de abril de 2020 às 20:23
Joia da coroação da rainha mãe Elizabeth pode ser herdada por Kate Middleton
A duquesa de Cambridge pode receber coroa que tem diamante de 105 quilates, o Koh-i-Noor, e é considerado amaldiçoado
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Rainha Vitória com o diamante Koh-i-Noor num alfinete
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Elizabeth, a rainha mãe
Rainha Vitória com o diamante Koh-i-Noor num alfinete
Elizabeth, a rainha mãe
O príncipe William ainda nem viu o seu pai, Carlos, tornar-se rei mas já há várias polémicas envolvendo a sua futura coroação: Agora fala-se na jóia que a sua mulher, Kate Middleton, deverá usar quando tornar-se rainha: Uma coroa com um diamante no centro de processos jurídicos entre países, acusações de roubo e até uma maldição.

Quando o príncipe William subir ao trono, Kate terá também uma cerimónia, se quiser ser rainha. Diz-se que a duquesa de Cambridge deverá utilizar a mesma coroa que a rainha mãe Elizabeth mandou fazer em 1936. No centro da coroa com 2800 diamantes, brilha um em especial, o Koh-i-Noor (que significa "montanha de luz") de 105 quilates, disputado pela Índia e Paquistão em processos diferentes, que acusam o Reino Unido de roubo e exigem a sua devolução. 

A rainha Victoria terá sido a monarca a receber o diamante na Europa, em 1856. Na altura a jóia teria 186 quilates, mas o rei Alberto enviou-o à joalharia Garrard para ser lapidada, perdendo assim 42% do seu volume. A rainha Vitória nunca o usou na sua coroa. Usava num alfinete. Por isso a mãe de Isabel II foi a primeira a exibi-lo numa cerimónia. 

...
Elizabeth, a rainha mãe Foto: Cofina Media
Foram raras as vezes que a peça voltou a surgir em público. Em 2002, quando a rainha mãe morreu aos 101 anos, a coroa foi posta em cima do seu caixão para as cerimónias fúnebres. Mais tarde foi levado à Torre de Londres onde está exposta ao público.

...
Elizabeth, a rainha mãe Foto: Cofina Media
Para lá da diplomacia

Além da disputas com o Paquistão e Índia, que exigem a devolução do  Koh-i-Noor, o diamante tem uma maldição. Diz a história que "quem o possuir dominará o mundo, mas também conhecerá todas as suas desgraças". "Apenas deus e uma mulher o poderão carregar com impunidade".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
António Moura 30.04.2020

A maldição é para quem trabalha. Para estes parasitas que gozam com a sociedade e um passatempo

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;