Notícia

Casas Reais

Família real acusada de explorar princesa Charlotte

Inglaterra está indignada. Os súbditos de Sua Majestade e os meios de comunicação britânicos acusam os duques de Cambridge, William e Kate, de autorizarem o uso da imagem da filha Charlotte para a Casa Real inglesa "encher os cofres".
Por Carina Andrade | 10 de abril de 2017 às 18:25
Veja os momentos de fofura da Princesa Charlote
A duquesa de Cambridge, Kate, com a filha Charlotte ao colo
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote
Princesa Charlote

A princesa Charlotte, de quase 3 anos de idade, filha dos duques de Cambridge, William e Kate, e bisneta de Isabel II, já tem marca própria para a produção de t-shirts, canecas, chaveiros, tiaras, vestidos de princesa, entre muitos outros artigos, que são vendidos como lembranças na loja do palácio de Kensington.

E é aqui que estalou a polémica e explodiu a indignação dos súbditos britânicos com os meios de comunicação ingleses a criticarem o comportamento dos pais, os duques de Cambridge, William e Kate, acusando a família real de explorarem a imagem da princesa, de apenas 2 anos, com o objetivo de "encherem os cofres" do palácio.

A pequena Charlotte tem um espaço inteiramente dedicado a ela na loja do palácio. A coleção da princesa apresenta imagens estampadas de uma princesa fictícia e não da própria Charlotte, embora tenha o seu nome "Princesa Charlote". O artigo mais caro custa 42 euros, enquanto os restantes itens têm um preço variado entre os 10 e os 15 euros.

"Imagine-se deslizando pelos corredores do palácio de Kensington e da princesa Charlotte com este vestido de fantasia de princesa", é uma das descrições que pode ler-se.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
ANTIMONÁRQUICO ATÉ À MEDULA 12.04.2017

MONARQUIA é sinónimo de PARASITISMO e PENACHOS, à conta do dinheiro do povo.
Cada cidadão tem de merecer aquilo por que luta.
Não é o caso destes parasitas, que, por nascerem nos ditos "berços de ouro" têm tudo sem nada terem feito para isso.
VADE RETRO !

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;