Notícia

Casas Reais

Lua-de-mel de meio milhão de dólares de Letizia e Felipe foi paga por ligações perigosas de Juan Carlos

Os atuais reis de Espanha surgem agora envolvidos nas investigações contra Juan Carlos.
21 de junho de 2020 às 20:03
Estes são os hotéis de luxo em que Letizia e Felipe passaram a lua-de-mel
O casal gastou meio milhão de dólares, cerca de 447 mil euros no câmbio atual, nas viagens. Parte desta quantia está ligada às investigações de corrupção contra o antigo rei Juan Carlos
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Lua-de-mel de Felipe e Letizia
Depois do casamento em 2004, o então príncipe Felipe e Letizia partiram para uma lua-de-mel na Jordânia, Cambodja, ilha Fiji, Samoa, Estados Unidos e México.

Tudo pela quantia de meio milhão de dólares (cerca de 447 mil euros, no câmbio atual). Se parte destas despesas foram pagas pelo antigo rei Juan Carlos, outra parte da viagem foi garantida pela empresa Navilot, cujo proprietário é o empresário Josep Cusí. 

A informação é avançada pelo 'The Telegraph', numa altura em que o pai do atual rei está debaixo de fogo por causa das investigações sobre supostos casos de corrupção. 

Nem a Casa Real espanhola nem Josep Cusí fizeram comentários a respeito das férias luxuosas dos atuais reis, informa a 'Vanity Fair' espanhola. 

Sob o pseudónimo de "Sr. e Sra Smith", Felipe e Letizia desfrutaram do luxo e do secretismo de praias paradisíacas, sem nunca revelar detalhes da viagem. A investigação agora revelada pelo 'The Telegraph' não tem provas de o casal ter devolvido ou não o dinheiro gasto nestas férias. 

A carregar o vídeo ...
O porta-voz do partido Podemos, Pablo Echenique, considerou que se se confirmar o que foi publicado este "é um assunto muito sério e põe em causa a versão dos eventos que Felipe VI manteve até agora. A origem de uma quantia tão grande certamente exige uma explicação". 

Já o deputado do Esquerda Republicana da Catalunha (ERC) Gabriel Rufián garantiu que quer "ir à raiz do assunto". "Não apenas investigar as comissões corruptas sauditas de Juan Carlos, mas todo o dinheiro das empresas ligadas à monarquia. Se o dinheiro for de corrupção, o rei deve devolvê-lo e dar explicações".

Recorde-se que Felipe renunciou em março à herança do pai, afirmando também que Juan Carlos deixaria de receber o subsídio público previsto no orçamento para a família real.

A carregar o vídeo ...

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;