Notícia

Mundo

Presidente de clube de futebol é apanhado na cama com jogador

O escândalo sexual está a fazer correr muita tinta no mundo de desporto por causa da relação gay dentro de uma equipa de futebol. Entenda o caso.
08 de fevereiro de 2018 às 18:03
Relação gay entre presidente de clube paraguaio e um jogador dão que falar no mundo do desporto
Fotos de Antonio González e do jogador Bernardo Gabriel Caballero caíram na Internet e revelaram um lado obscuro do futebol
O presidente do clube Rubio Ñu não negou a relação gay com o jogador
Antonio González disse estar a receber chantagem por causa da relação com Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Antonio González, Rubio Ñu, Bernardo Gabriel Caballero
Uma fotografia está a correr mundo e a gerar uma enorme polémica. A imagem mostra o presidente do clube paraguaio Rubio Ñu, Antonio González, na cama com um dos jogadores... e está a dar que falar no mundo do desporto - seja pelo escândalo sexual gay ou pela relação entre chefe e funcionário.

Antonio González já veio a público admitir a relação com Bernardo Gabriel Caballero e diz que a imagem foi utilizada para chatagem, a troco de um passe para que Caballero pudesse mudar de equipa. 

A história terá começado com o novo agente de Caballero, Valentín, a quem Antonio González culpa pelo escândalo. 

"Vamos ser honestos, Caballero estava comigo no Rubio Ñu, era muito especial para mim. Era o meu companheiro. E tinha todos os privilégios: carros que nunca pensou conduzir. De repente apareceu uma velha louca", afirmou o presidente do clube ao jornal 'Hoy', citado pelo 'Record'. O insulto de "velha louca" é para o agente do jogador.

"Ele era o meu parceiro sentimental e peço desculpas se isso incomoda muitos, sou sincero", continua, acrescentando ainda que não gosta de receber ameaças.

Entretanto, Antonio González já publicou 2 vídeos em que deixa claro que o passe de  Bernardo Gabriel Caballero pertence ao Rubio Ñu e não vai ceder diante do escândalo.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;