Notícia

Polémica

Trump volta a atacar! Ex-funcionária acusa presidente americano de assédio sexual

Ao todo, são mais de dez queixas contra Donald Trump. Agora é Alva Johnson a acusar o Chefe de Estado norte-americano de abusos.
26 de fevereiro de 2019 às 10:28
Trump soma acusações de assédio sexual
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Melania e Donald Trump
Melania e Donald Trump
Stephanie Clifford, Donald Trump
Stephanie Clifford, Donald Trump
Stephanie Clifford, Donald Trump
Stephanie Clifford, Donald Trump
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump, Alva Johnson, assédio sexual, presidente norte-americano, acusação
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Melania e Donald Trump
Melania e Donald Trump
Stephanie Clifford, Donald Trump
Stephanie Clifford, Donald Trump
Stephanie Clifford, Donald Trump
Stephanie Clifford, Donald Trump

Alva Johnson sentiu-se "violada" quando Donald Trump aproveitou um momento a sós com ela "para lhe segurar na mão e não mais a soltar" e para lhe dar um "beijo forçado" no "canto da boca".

Os acontecimentos remontam a 24 de agosto de 2016, durante a campanha eleitoral para as presidenciais norte-americanas. Alva era então diretora de divulgação e coligações da campanha de Donald Trump. O então candidato esteve com alguns membros do staff antes de um comício em Tampa. Segundo a acusação, terá aproveitado um momento a sós com Alva Johnson, 43 anos de idade, para avançar.

Donald Trump e o segredo do seu tom bronzeado
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump

"Senti-me imediatamente violada porque não queria que tivesse acontecido e porque não estava à espera de que acontecesse", referiu Alva Johnson, citada pelo 'Washington Post'. Nesse mesmo dia, a antiga funcionária contou o episódio ao namorado, à mãe e ao padrasto.

Alva apenas não avançou para a justiça porque, na altura, estaria sujeita a um pacto de confidencialidade que fora obrigada a assinar quando entrou para a campanha de Trump. Dois anos e meio depois, a ex-funcionária interpôs um processo federal – segunda-feira, 25 de fevereiro –, no estado da Florida.

'Flirt' entre Putin e Melania Trump pode dar início à 3ª guerra mundial
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Será este olhar entre Melania Trump e Vladimir Putin motivo de vingança do presidente dos EUA?
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Melania Trump, Vladimir Putin
Melania Trump, Vladimir Putin
Melania Trump, Vladimir Putin
Melania Trump, Vladimir Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Donald Trump, Melania, Putin
Melania Trump, Vladimir Putin
Melania Trump, Vladimir Putin
Melania Trump, Vladimir Putin
Melania Trump, Vladimir Putin
Donald Trump, Melania, Putin

"O beijo forçado e indesejado foi profundamente ofensivo", garantem os advogados de Alva Johnson, acrescentando que este ato provocou "sofrimento emocional, trauma psicológico, humilhação, constrangimento, perda de dignidade, invasão de privacidade e outros danos" à sua cliente.

A Casa Branca já veio desmentir a acusação, através da porta-voz Sarah Sanders, que considera "completamente absurda". "Isto nunca aconteceu é é diretamente desmentido por vários relatos de testemunhas oculares altamente confiáveis", reforça a administração Trump.

"Noite" com Donald Trump dura apenas 2 minutos, diz estrela de filmes para adultos
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels
Stormy Daniels

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;