Notícia

Drama

Dor e sofrimento! Cláudio Ramos recorda infância violenta e com pouco para comer

O comunicador abriu o livro da sua vida e fez revelações chocantes do tempo em que era criança. Falou do pai, um homem agressivo e do pouco que havia na casa onde cresceu.
27 de fevereiro de 2019 às 18:50
Cláudio Ramos assume homossexualidade
Cláudio Ramos colocou o seu 'bom dia' nas redes sociais
Cláudio Ramos numa produção fotográfica para o site FLASH!
Cláudio Ramos procura namorado
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos sempre disse ser uma pessoa frontal
Cláudio Ramos no programa da manhã da SIC
Cláudio Ramos numa selfie que colocou nas redes sociais
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
"Uma das coisas que mais me custou na vida foi ver a minha mãe, já depois dos 40 anos, levantar-se às quatro e meia da manhã para ir trabalhar para o campo... para a apanha da azeitona", revela Cláudio Ramos numa conversa intimista com Júlia Pinheiro em 'Júlia', o programa da tarde da SIC.

O comentador voltou a falar dos tempos difíceis que viveu durante a sua infância. Dias marcados por pouca abundância: "Íamos muito cedo, por volta das cinco e meia, seis horas, à padaria da Dona Chica buscar 18 papo-secos fiados... nunca mais me esqueço, dúzia e meia", recorda.
As fotos mais provocadoras de Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Mas se a falta do que comer não era fácil de aceitar, a violência do pai era bem pior. Cláudio Ramos contou um episódio em que o pai agrediu uma das suas irmãs com um fio elétrico dobrado: "Ainda hoje ela tem as marcas dessa sova marcadas na perna".

As imagens mais amorosas de Cláudio Ramos com a filha
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
"Todos nós [ele e os seus irmãos] aprendemos a sofrer em silêncio. Sabíamos que o barulho poderia suscitar uma nova reação. O meu pai não nasceu para ser pai. Nunca nutri por ele qualquer sentimento de amor. Quando ele morreu, há dois anos, tive uma enorme sensação de alívio", admitiu.

Cláudio Ramos recorda os momentos difíceis quando viveu em casa de Cinha Jardim
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos:
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos numa produção fotográfica para o site FLASH!
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos agradece a Cinha Jardim tê-lo recebido no momento mais difícil da sua vida
Cinha Jardim
Sofia Jardim, Cinha Jardim e Raquel Strada
Cinha Jardim
Cinha Jardim durante uma viagem à ilha Terceira, nos Açores
Cinha Jardim
Cinha com a filhas Catarina e Isaura
Com Teresa Guilherme quando Cinha Jardim entrou n'A Quinta
Cinha a ser maquilhada
Cinha Jardim, Juanita
cinha jardim
Cláudio Ramos colocou o seu 'bom dia' nas redes sociais
Cláudio Ramos numa selfie que colocou nas redes sociais
Cláudio Ramos procura namorado
Cláudia Ramos mostra o seu look logo pela manhã, no Instagram. Aos 43 anos, diz ter dificuldades em arranjar namorado
cláudio ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos, Cinha Jardim, cama, solidariedade, apoio
Fundo iMM - Laço, Anjelif, Marta Andrino, Joana Sousa Cardoso, Lynne Archibald, Cinha Jardim, Cleia Almeida, Gabriela Barros
Cinha Jardim
cinha jardim
cinha jardim
cinha jardim
Cinha Jardim, Juanita
cinha jardim
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Conta ainda: "Discuti com ele 15 dias antes de morrer por causa da minha orientação sexual que ele considerava ser uma doença. Dizia que podia contagiar os meus irmãos".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;