Notícia

Dor

Irmã de Carolina Patrocínio conta que sofreu aborto mas revela que está grávida: "Antes de ter este bebé na barriga, tive outro"

Inês Patrocínio conta o sofrimento que teve quando soube que tinha perdido o bebé em plena festa de aniversário da filha Alice.
26 de abril de 2019 às 21:04
Irmã de Carolina Patrocínio foi mãe pela 1.ª vez
carolina patrocínio, inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio
carolina patrocínio, inês patrocínio

Inês Patrocínio, um das irmãs de Carolina, revela o pesadelo que viveu por causa de ter sofrido um aborto, precisamente no dia em que a filha Alice celebrava um ano. Agora, a jurista está novamente grávida... e espera que chegue ao fim para que o clã volte a aumentar.

A revelação do que viveu, e está a viver, foi feita através de um longo post nas redes sociais.

"Em novembro deste ano, se Deus quiser, vamos ter mais um bebé na família!!! 
Mas antes de ter este bebé na barriga, tive outro... Era início de Janeiro e tínhamos acabado de chegar de férias no Brasil com a família toda. De volta ao trabalho, comecei a sentir que alguma coisa em mim estava diferente. Dias depois, no médico, ouvi o coração do bebé ecoar pela sala. "Parabéns Ines, vemo-nos daqui a uns tempos." Mas, às 8 semanas de gravidez, no dia da festa de 1 ano da Alice, perdi o bebé. Os médicos deram me várias hipóteses, mas quis deixar a natureza actuar sozinha. Os dias que se seguiram foram extremamente duros para a nossa família, sendo que, apesar de da dor, fortaleci as minhas convicções profundas de que não há maior dádiva que a vida, e de que a natureza, ainda em fases tão preliminares, já é perfeita", começa por escreve Inês Patrocínio.

Ver esta publicação no Instagram

Como assim tenho que deixar de dar de mamar a esta bucha #summershere

Uma publicação partilhada por Ines Patrocinio RM (@inespatrociniorm) a



"Um mês depois, descobri que estava à espera de bebé outra vez. Sentei me na cadeira do médico com o coração aos saltos. Foi-me dito que o bebé estava óptimo, mas que tinha também um descolamento grande e que as hipóteses de a gravidez avançar eram de 50/50. Mandaram me ficar de repouso em casa e esperar", continua.

Ver esta publicação no Instagram

Portrait of a family #Patrocinios (falta a Titax @ritapatrocinio)

Uma publicação partilhada por Ines Patrocinio RM (@inespatrociniorm) a



"
Fast-forward para hoje, estou de 12 semanas. Graças a Deus, está tudo bem com o bebé mas cada dia é uma vitória e ainda é uma gravidez de alto risco. Queria partilhar a nossa história aqui porque sei que muitos casais passam por isto e é importante falar sobre o assunto. Dizem sempre que devemos esperar até as 12 semanas para anunciar mas, na minha opinião, isso só contribui para tornar o assunto ainda mais tabu e acaba por dar a sensação à mãe que para os outros, o bebe não existiu. Mas existiu, e existe. Para mim e para o Pedro, é um filho que nos acompanhará sempre, e que está no céu a olhar pela nossa família", escreve a irmã de Carolina Patrocínio, confiante de que a família, em novembro, vai voltar a aumentar.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;