Notícia

Polémica

Isto está longe de acabar! Sandra Felgueiras volta a arrasar o Gonçalo Amaral

Enquanto o caso Maddie continua a ser notícia no mundo inteiro, por cá a polémica reacende-se com a jornalista a criticar duramente o antigo inspetor da Polícia Judiciária.
07 de julho de 2020 às 09:37
Caso Maddie: Sandra Felgueiras sente-se enganada por Gonçalo Amaral
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Gonçalo Amaral
Gonçalo Amaral
Gonçalo Amaral
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Sandra Felgueiras
Gonçalo Amaral
Gonçalo Amaral
Gonçalo Amaral

Sandra Felgueiras regressou ao Algarve e à Praia da Luz, de onde Madeleine McCann desapareceu em 2007 para nunca mais ser vista. Desta vez, a jornalista seguiu a teoria da polícia alemã que avança que menina terá sido raptada pelo alemão Christian Brueckner.

"Investigar a verdade implica humildade. Abertura de espírito. Reconhecimento de falhas. A tese de Gonçalo Amaral sobre o caso Madeleine tinha falhas irreparáveis, e por isso, só por isso, não foi sequer transformada em acusação pública", escreveu a jornalista da RTP num longo texto partilhado no seu perfil de Facebook.

E acusou duramente: "Mas depois veio a pressão pública. Os livros. As teses. Vender a história. E a vontade de crucificar os pais impeliu muita gente a querer acreditar numa tese mesmo quando as incongruências eram demasiadas condenavam o caso ao absoluto fracasso".

A carregar o vídeo ...

"Investigo o caso Madeleine há 13 anos. Sem preconceitos. Nem teses. Entrevistei os McCann várias vezes. Fui eu que lhes perguntei como justificavam o cheiro a cadáver no apartamento e no carro e o sangue detetado pelos cães ingleses? Sim, fui eu. Como é público", recordou.

A carregar o vídeo ...

Depois falou do alemão que está detido na Alemanha, mas que viveu durante longos anos no Algarve: "Nunca vi um suspeito como Bruckner: com tantos indícios que o colocassem no lugar do crime à hora do crime com um passado que nos permite adivinhar, mas não provar, o que pode ter feito. Não é o suspeito perfeito. É um pedófilo e andou 22 anos entre nós. Nos mesmos anos em que desapareceram Rui Pedro, Joana e Madeleine".

A carregar o vídeo ...

"A todos os que preferem acreditar naquilo que sempre acreditaram sem saber porquê, ou simplesmente porque não gostaram dos Mccann e os culpam por terem deixado os filhos sozinhos, peço-vos: livrem-se dos preconceitos. Os McCann são culpados, sim. Viverão sempre com a culpa da negligência. Mas mais não podemos dizer. Não com as provas que temos", escreveu ainda a jornalista da estação pública.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Pedro Rodrigues 12.07.2020

Sandra és uma atrasada pá. Arranja uma vida. Mais uma pseudo esperta deste pais.

Aderito Alvo 12.07.2020

Por favor , deixem o Inspector Gonçalo Amaral trabalhar . A PJ teria que agir sem Ingleses , Alemães e Oportunistas . Espero que continuam a investigar e que a verdade seja detetada . Com aquele abraço do tamanho do Mundo

Cristina Palma 09.07.2020

Pergunto à Sandra Felgueiras o porque não estranha a conduta dos pais, desde deixarem sozinhas 3 crianças indefesas, suas contradições, as contradições dos amigos que os acompanhava, os sinais dos cães pisteiros, a fuga dos pais, os gémeos que não acordaram com toda a azáfama no quarto, a igreja que ficou restrita apenas aos pais, etc.. etc... etc... Tem a resposta concreta para todas e muitas outras questões? Porque tinham apenas as impressões digitais de Kate na janela do quarto? A meu ver, que acompanhei o caso desde o início, Gonçalo Amaral foi uma vítima de quem queria e de todos que cederam à pressão para que o caso fosse tratado como rapto e não como uma morte acidental provocada, provavelmente, pela mãe. A jornalista até participou de um documentário na Netflix, intitulado "O desaparecimento de Madeleine McCann", que para mim ficou claro que foi realizado com o intuito de ilibar os pais de quaisquer responsabilidades no desaparecimento da criança. Caso vergonhoso!

Anónimo 09.07.2020

Ela e alguma inspectora??. Para acusar o Amaral que estava a fazer o seu trabalho honestamente. Onde os pais deviam ser acusados. E tudo indica k foram os pais da Maddie. Agora inventaram a historia do Alemao deviam investigar era os pais desde o inicio. E n fizeram pk se sao eles os culpados. E condenados de deixar os filhos sozinhos nem isso foram tratados como reis. E fugiram. Essa de verem o pedofilo ou um homem imaginario levar a menina a noite. Foi o padrasto para se livrar da menina. E por isso na altura um pedofilo k vivia mts anos la proximo matou se mt pressao por ser culpado e sem ter culpa.tao bom culpar os inocentes os pedofilos a k pagam os unicos criminosos sao os pais. E assim vai continuar culpando os outros o dinheiro fala mais alto. Essa jornalista da treta va cavar batatas.

ver mais comentários

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;