Notícia

Nacional

Monstruosidade! Júlia Pinheiro revoltada com morte de Valentina: "A indignação e revolta de todo o país são também minhas"

Apresentadora da SIC mostra-se revoltada com o que aconteceu com a menina de 9 anos, que não resistiu à tareia que o pai lhe deu,
15 de maio de 2020 às 13:23
A despedida à pequena Valentina marcada pela emoção
Funeral Valentina Fonseca
funeral valentina
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
funeral valentina
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
Funeral Valentina Fonseca
No dia da família, Júlia Pinheiro fala finalmente sobre o caso que abalou Portugal. 

A apresentadora da SIC diz que tem estado em silêncio sobre a morte de Valentina, a menina de 9 anos que morreu após uma tareia dada pelo pai, e que ficou em sofrimento durante largas horas sem que o progenitor ou a madrasta lhe providenciassem socorro.

"Não tinha intenções de falar de Valentina. Primeiro, porque não tenho nada a acrescentar para além do que já foi dito. A indignação e revolta de todo o país são também minhas. Depois, porque ainda não descobri adjetivos possíveis para abordar a alegada monstruosidade do alegado crime", começa por escrever Júlia.

"Mas hoje é Dia da Família. E o nome Valentina não me sai da cabeça. Onde é que falhámos, enquanto comunidade, sociedade, famílias? Porque falhámos. Falhámos todos, em todas as partes do processo – na sinalização, no silêncio, na distração, na crueldade", acrescenta.

"Estamos a falhar. (...) Não tinha intenções de falar de Valentina nem de Arlindo. Mas hoje é Dia da Família", remata a cara da SIC.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Matilda Carmichael 31.05.2020

O Google pagava todos os meses o trabalho on-line em casa de 17.000 a 25.000 €. No mês passado, recebi um salário de 22479 € por trabalhar 3 horas por dia. Esse trabalho é realmente incrível e me dá uma grande parcela da renda todos os dias. Qualquer um pode participar deste trabalho agora e começar a ganhar on-line como eu, apenas seguindo as instruções deste blog

........... >>>>>>>>>>>>>      W­w­w­.­D­o­u­c­a­s­h­.­C­o­m

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;