Notícia

Polémica

Rita Pereira denuncia ataques racistas ao marido e teme pelo filho

A chorar, a atriz recorda casos de racismo que têm afetado a família. "Eu não quero que o meu filho seja perseguido numa loja porque é mais escuro que os outros."
04 de junho de 2020 às 18:41
Orgulhoso, namorado de Rita Pereira mostra os dois filhos
guillaume lalung, filhos
guillaume lalung, filhos
guillaume lalung, filhos
Guillaume Lalung
Lonô, Rita Pereira e Guillaume Lalung
Lonô, Rita Pereira e Guillaume Lalung
guillaume lalung, filhos
guillaume lalung, filhos
guillaume lalung, filhos
Guillaume Lalung
Lonô, Rita Pereira e Guillaume Lalung
Lonô, Rita Pereira e Guillaume Lalung
Rita Pereira, 38 anos de idade, e Guillaume Lalung estão juntos há seis anos. Os dois são pais de Lonô, com cerca de um ano e meio. Em conversa com Fátima Lopes, no 'A Tarde É Sua', a atriz não conteve as lágrimas ao recordar os ataques racistas que o produtor francês, Guillaume Lalung, tem sofrido. Rita teme que também o filho sofra com os mesmos ataques que Guillaume.

No próximo sábado, 6 de junho, está agendada uma manifestação na Alameda, em Lisboa, contra o racismo. Rita Pereira estará entre os manifestantes. "Vou estar presente porque eu também vivo isto. Não consigo estar sentada e ao meu lado está o meu marido a dizer-me que está a receber mensagens racistas", denuncia a atriz.

"Eu não quero que quando o meu filho cresça esteja a receber as mesmas mensagens de racismo. Quero que o meu filho possa entrar numa loja de roupa e não olhem para a cor dele nem irem atrás dele na loja porque ele é mais escuro que os outros. Eu não quero que o meu filho seja apontado por ter uma cor diferente. (...) quero que ele seja livre", diz Rita Pereira.

A carregar o vídeo ...
A atriz denuncia ainda situações vividas por amigos negros, como quando são impedidos de entrar num táxi ou quando à porta de uma discoteca os impedem de entrar porque já "estão muitos pretos" lá dentro.

É a chorar que Rita Pereira recorda algumas das mensagens terríveis que Guillaume recebe no telefone: "Não quero que o meu marido receba mais mensagens a dizer: 'vai para a tua terra preto de merda'. Vou estar nesta manifestação porque isto me toca profundamente."  

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Luna Santos Há 3 dias

Olá meninas para sexo na sua cidade - http://3sex.club

Anónimo Há 4 semanas

Porque sera que ela tem receio que numa loja vao atras do filho ?

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;