Notícia

Nacional

Seis horas morta no sofá! Valentina morreu depois do almoço e só foi "abandonada" ao fim da noite

Sandro e a companheira deixaram a menina sem vida no sofá, enrolada numa manta. Pormenores do crime criam repulsa.
15 de maio de 2020 às 15:33
A carregar o vídeo ...

À medida que vão sendo revelados mais pormenores sobre o trágico desfecho da vida de Valentina, a repulsa é maior para os dois principais suspeitos do crime de horror.

Sandro, o progenitor da criança de 9 anos, e a companheira terão deixado o corpo da menina, sem vida, várias horas no sofá, enrolado numa manta, antes de o terem abandonado numa zona de mato, a cerca de 6 km da casa onde viviam.

O assassinato desta menina deixou (e continua a deixar) Portugal em choque perante as circunstâncias com que foi cometido.

Valentina, uma menina que tinha um futuro pela frente, foi massacrada pelo pai, que a agrediu violentamente, ameaçou, queimou com água quente, e mais um rol de peripécias, para alegadamente fazer com que a menina contasse alegados abusos sexuais por parte de um tal de "padrinho".

Esta sexta-feira, Sandro, que está em prisão preventiva, tentou tirar a própria vida numa altura em que estava em isolamento na prisão anexa à Polícia Judiciária. Foi levado para o Hospital de São José onde deverá ser operado aos ferimentos. Não corre risco de vida.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Francisco Rodrigues 15.05.2020

Tenho dificuldade em comentar esta caso tal é revolta. Penso que o pai da Valentina é um psicopata e foi ele que alegadamente abusou sexualmente da menina e agora usa argumento para imputar a terceiros.

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;