Notícia

Nacional

Sofrimento. Margarida Vila-Nova apoia-se nos amigos durante o funeral do pai, o produtor Pedro Martins

O pai de Margarida Vila-Nova morreu de doença prolongada. Pedro Martins tinha 64 anos.
18 de julho de 2019 às 18:28
O último adeus de Margarida Vila-Nova ao pai, o produtor de televisão e cinema Pedro Martins
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova
margarida vila-nova

Margarida Vila-Nova despediu-se esta quinta-feira do pai, o produtor de cinema e televisão Pedro Martins, que morreu na terça-feira, após uma longa luta contra doença prolongada. A atriz contou com a força dos amigos mais próximos no derradeiro adeus, que aconteceu no Cemitério dos Olivais, onde Pedro Martins, de 64 anos, foi cremado.

Antes, o corpo do antigo sócio da produtora SP Filmes esteve a ser velado na Basílica da Estrela, em Lisboa, por onde passaram muitas personalidades ligadas ao mundo da representação como Dina Félix da Costa, Patrícia Vasconcelos, Madalena Brandão e tantos outros nomes que trabalharam não só com Margarida mas também com o produtor.

Num momento de muita dor, Margarida Vila-Nova usou as redes sociais para deixar uma mensagem de homenagem ao pai: "A morte é apenas a curva da estrada, Morrer é só não ser visto", partilhou, recorrendo a um poema de Fernando Pessoa.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;