Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal!

Notícia

Catarina Furtado arrasa gente com dinheiro e egocêntrica

"Os racismos, as violências, as discriminações, as indiferenças, têm por base a ignorância, uma arrogância moral com sustento no medo. Fiz reportagens no Bangladeche, no Líbano, na Grécia, no Uganda e na Colômbia".
21 de junho de 2020 às 11:54
...
Catarina Furtado arrasa gente com dinheiro e egocêntrica

"Tenho conhecido pessoas com dinheiro e sucesso e um gigante vazio interior, uma insatisfação baseada na ambição e na necessidade de regar um umbigo, já muito entupido… É uma opção: querer ou não saber. Os racismos, as violências, as discriminações, as indiferenças, têm por base a ignorância, uma arrogância moral com sustento no medo. Fiz reportagens no Bangladeche, no Líbano, na Grécia, no Uganda e na Colômbia. Ouvi histórias de coragem, sofrimento e esperança. Refugiados obrigados a fugir à morte!"

As palavras são de Catarina Furtado, foram escritas na TV Guia há duas semanas, e vêm a propósito de mais uma nova temporada do seu programa Príncipes do Nada, na RTP1, ela que é embaixadora da ONU há 20 anos. "Chorei e ri ao seu lado e prometi fazer chegar a vós os seus apelos! Não estamos a falar de terroristas! Vi pais num pranto, impotentes; ratazanas a morderem as crianças nas tendas indignas onde dormem; lamentos de profunda desilusão pela constatação de que afinal a Europa humanista é uma utopia. Mas também vi solidariedade entre eles e esperança."

Conheço Catarina há 17 anos, quando trocou a SIC pela RTP para liderar a Operação Triunfo. Em 2009, por exemplo, estivemos juntos em Cabo Verde, em mais uma missão humanitária, transmitida depois pela estação pública. Em Santiago, a apresentadora mostrou as carências, da saúde ao ensino, daquele povo irmão. Com a sua influência e credibilidade, ajudou a angariar milhares de euros para a construção de maternidades na ilha. Salvou vidas.

 Vejo-a novamente no terreno, a lutar por uma sociedade mais justa e solidária, e é ali que gosto de a ver. Também gosto de a ver no The Voice, sensual, com um vestido justo a realçar as suas curvas e um decote provocador, com os lábios pintados de vermelho, mas insisto: é ali, no terreno, que faz a diferença. Olhos nos olhos com as pessoas, a tocar-nos no coração. Outros famosos da TV preferem o individualismo, a ostentação, a vaidade, o egocentrismo. Estão no seu direito. Mas por isso é que Catarina só há uma: gira que dói - lembras-te, Ivo? - e com uma notável vontade de mudar o mundo. 

Mais notícias de O Tal Canal

Teresa Guilherme em perigo

Teresa Guilherme em perigo

A apresentadora substitui Cláudio Ramos no ‘Big Brother’, após longa travessia no deserto, mas há cuidados a ter. Os inimigos estão aí
SIC ataca (e bem) a TVI

SIC ataca (e bem) a TVI

O ‘Big Brother’ ganha ao ‘Agricultor’? Não faz mal: aposta-se em ‘Nazaré’. O ‘Somos Portugal’ é uma marca? Não faz mal: faz-se uma coisa igual. Na guerra vale tudo, e a estação de Queluz de Baixo não tem muito tempo…
Os milagres na TVI… e alunos e professores em lágrimas

Os milagres na TVI… e alunos e professores em lágrimas

Aos domingos, o ‘Big Brother’ parte sempre muito atrás de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor?’, mas tem conseguido vencer o rival, o que é notável. Tudo numa semana em que as escolas fecharam e a emoção tomou conta de todos.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
PORTUGUÊS GENUÍNO* Há 6 dias

Pornográfico é o vencimento dos jogadores de futebol,Catarina certamente não ganhará tanto quanto na realidade merecerá.UMA SENHORA APRESENTADORA.SIMPATIA,ELEGÂNCIA CHARME,SEDUÇÃO,COMPETÊNCIA, E PROFISSIONALISMO é a sua sua essência mais profunda o que esta Sra. quando abre o encanto de a podermos escutar,naquilo que for,faz para nos deslumbrar.Há uns anos passados Catarina ainda criança, comemorava eu os meus anos no CAVEIRA-LEITÕES, e além dos meus convidados (10) havia numa outra mesa apenas,uma família (3 pessoas) que jantava calmamente,família essa reconhecida pelo pai de Catarina. Um dos meus convidados dedilha uma guitarra e começa a cantar, muito bem, o fado. Como entretanto o tempo passa, a família FURTADO, sai.Ao passar pela minha mesa,aquela linda menina (Catarina), pára e diz:obrigado pelos fados e muitos parabéns, seja feliz. Confesso foi a minha melhor prenda de anos.E não nego,quando vejo Catarina sinto-me feliz por ir ao passado buscar um sorriso de uma SRª MULHER.

Anónimo Há 3 semanas

Com um vencimento pornográfico,tem ousadia de falar em dinheiros.
Quanto já deu para pobreza incapotada em Portugal...

;