Notícia

Sexo

Momentos privados

Uma festa só para dois é ideal para quebrar a rotina. Vá até onde a imaginação a levar…
20 de outubro de 2016 às 00:00
...
Momentos privados
Foto: Getty Images

Uma festa privada para dois é sempre uma boa maneira de comemorar uma data especial, ou simplesmente partilhar um momento com o seu parceiro mesmo que não haja uma razão aparente.

Qualquer acontecimento pode dar o mote para os festejos e nada como um programa particular para usufruir em pleno da companhia de quem mais ama.

A imaginação é fundamental e mesmo com poucos recursos, o factor surpresa é sempre uma mais-valia que pode vir apimentar o seu relacionamento.

No momento da criatividade, vale quase tudo para impressionar o seu parceiro, por isso prepare uma festa para recordar, não pelo dia, mas pela companhia e pela importância da surpresa e da reação do seu companheiro ao inesperado.

Para tornar a sua festa privada especial não descure nenhum pormenor. Comece por deixar indícios em vez de fazer um convite explícito.

Mande um sms apenas com a morada da vossa casa e a hora a que o aguarda para causar suspense. Se sabe onde ele costuma estacionar o carro, deixe um bilhetinho com algum suspense.

Quando ele lhe tocar à campainha tenha preparado um rasto de rosas e velas até a um lugar estratégico onde pode deixar uma caixinha com uma mensagem que o encaminhe por exemplo para a sala.

Decore o espaço com flores, velas e queime incenso. Tenha uma mesa preparada com um toque feminino e onde um bom vinho não pode faltar. Coloque uma música ambiente e sirva um jantar afrodisíaco.

"Há meses que andava com a ideia de fazer uma espécie de festa para dois. Não que tivéssemos algo para celebrar, mas porque achava que a relação andava a esfriar com a rotina.

Por isso decidi que nada melhor que a nossa casa para poder dar largas à imaginação. O meu companheiro teve de passar três dias em trabalho em Espanha e eu achei que era a altura ideal para colocar em prática as minhas ideias.

No dia em que ele chegou fui buscá-lo ao aeroporto e comecei logo a insinuar-me. Segredei-lhe ao ouvido que em casa havia uma surpresa à espera dele.

Pedi-lhe que aguardasse dez minutos na garagem só para me organizar e quando ele recebeu um sms a dizer-lhe que podia avançar abriu a porta num misto de curiosidade e suspense.

A casa estava decorada com velas e na mesa esperava-o uma travessa com sushi e o seu vinho favorito. Jantámos calmamente ao som de ‘chill ou’ e no final servi de sobremesa uma taça de morangos e uma flute de champanhe.

Ele perguntou a que brindávamos. E eu respondi-lhe: ‘A nós! É uma festa só para nós!’ Ele mostrou-se rendido à ideia e por isso desafiei-o para um jogo de perguntas eróticas.

De cada vez que ele acertava na resposta eu despia uma peça de roupa. Por fim, entreguei-lhe um vale de massagem e confidenciei-lhe que era eu a massagista de serviço. Fomos para o quarto e demos largas à imaginação", recordo Maria P..

Não importa se se trata de um encontro simples ou mais elaborado, o mais importante é que fique na memória de ambos.

Lembre-se que uma festa é sempre um momento animado, ideal para quebrar a rotina e uma óptima ideia para cimentar uma relação. Independentemente dos motivos da comemoração, a relevância está no facto de a partilhar com quem ama.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;